Resíduos

Projetos

O Projeto de sensibilização ambiental marinha desenvolvido pela Câmara Municipal de Setúbal em parceria com a Ocean Alive, decorreu a bordo da embarcação Maravilha do Sado durante o ano letivo 2018/2019. As sessões foram conduzidas por uma bióloga marinha e uma pescadora.

A Ocean Alive é a primeira cooperativa em Portugal dedicada à proteção do oceano, mais especificamente, do Estuário do Sado. Criada por Raquel Gaspar, Sílvia Tavares e Sofia Jorge, em 2016, já recolheu 42 toneladas de lixo marinho, mais de 5 toneladas de resíduos e eliminou cerca de 49 mil embalagens de plástico das águas do Estuário do Sado.

A missão do projeto é a proteção das pradarias marinhas da comunidade piscatória e visa a eliminação de três ameaças que as comunidades locais colocam ao habitat marinho: o lixo da mariscagem, as âncoras e a pesca destrutiva.

A grande particularidade da Ocean Alive é que é liderada por mulheres da comunidade piscatória, as chamadas Guardiãs do Mar, além de voluntários e parceiros. Apaixonadas pelo mar, as pescadoras são guias marinhas nos programas educativos e em experiências marinhas, agentes de sensibilização na campanha Mariscar SEM Lixo e monitoras nas atividades com os cientistas nas pradarias marinhas.

Este projeto tem a UNESCO como parceiro institucional. Contribui para o objetivo do desenvolvimento sustentável 14, sobre a conservação e uso sustentável dos oceano e para o objetivo 5, sobre a igualdade de género e o empoderamento das mulheres.

Saiba mais sobre a Ocean Alive.
O investimento numa nova viatura pesada de caixa aberta com grua reforça, no início do ano 2020, o trabalho desenvolvido pela Junta de Freguesia de Azeitão nas áreas da higiene e limpeza, num investimento conjunto com a Câmara Municipal de Setúbal.
O novo equipamento que se refletiu num investimento de 125 mil euros, comparticipado em cerca de 100 mil euros pela Câmara Municipal, destina-se, sobretudo, à recolha de resíduos verdes e monos.
A viatura de caixa aberta e grua com grifa permite a recolha de resíduos volumosos e reforça significativamente a qualidade da resposta da junta de freguesia numa área que tem registado um aumento de solicitações.