Geral

Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas

Até 30 de novembro de 2022 estão abertas as inscrições para o programa «Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas», que promove práticas no âmbito da proteção da natureza, florestas e respetivos ecossistemas, através da sensibilização das populações em geral e da preservação contra os incêndios florestais e outras catástrofes com impacto ambiental, da monitorização e recuperação de territórios afetados.

Quem pode participar?

Jovens com idade compreendida entre os 14 e os 30 anos, inclusive, aptos para o exercício do voluntariado para a natureza e florestas.

Mediante a atividade desenvolvida, as idades podem variar.

O que vão fazer?

Os jovens admitidos vão desenvolver as seguintes atividades:

a) Sensibilização da população para a adoção de práticas que promovam a economia circular,

nomeadamente, reciclagem, reutilização, gestão ambiental, prevenção do desperdício alimentar e

consumo sustentável;

b) Sensibilização da população para a proteção do litoral, em contexto de alterações climáticas

e incentivando à monitorização das zonas costeiras alertando para temas como resíduos, erosão

costeira, ocupação das frentes marinhas, preservação dos ecossistemas dunares entre outros;

c) Sensibilização da população para a importância da participação pública nos processos de

decisão ambiental;

d) Sensibilização da população, para o papel das florestas na qualidade do ar e para a importância

das árvores como barreira natural ao ruído;

e) Monitorização de rios e ribeiros como forma de recuperação das linhas de água, com vista

à preservação dos recursos hídricos;

f) Sensibilização da comunidade para a preservação da natureza, florestas e respetivos ecossistemas;

g) Inventariação e monitorização de espécies animais e vegetais em risco;

h) Inventariação, sinalização e manutenção de caminhos florestais e acessos a pontos de água;

i) Recuperação de caminhos de pé -posto;

j) Limpeza e manutenção de parques de lazer;

k) Vigilância móvel, a pé ou em bicicleta, nas áreas definidas pelas entidades locais de coordenação;

l) Vigilância fixa nos postos de vigia;

m) Inventariação de áreas necessitadas de limpeza;

n) Apoio logístico aos centros de recuperação de animais selvagens;

o) Apoio logístico aos centros de prevenção e deteção de incêndios florestais;

p) Inventariação e monitorização de áreas florestais ardidas;

q) Atividades de reflorestação;

r) Atividades de controlo de espécies invasoras;

s) Outras atividades integradas nas áreas de intervenção do programa.

Horário de atividades:

  • De abril a outubro: das 7h00 às 21h00
  • De março a novembro: das 9h00 às 19h00

Mas atenção, a participação dos voluntários nas atividades desenvolvidas no âmbito de cada projeto, é apenas de cinco horas diárias.

Duração dos projetos:

Duração máxima de cada projeto – 60 dias

Duração mínima de cada projeto – 15 dias

Apresentação de candidaturas:

As candidaturas devem ser apresentadas pelas entidades promotoras, até 20 dias antes da data prevista para o início de cada projeto, através de formulário disponibilizado na plataforma, criada para o efeito, ou noutro meio disponibilizado pelo IPDJ, I. P..

Ações de preparação dos voluntários:

Aos voluntários é garantida informação geral e especifica para o desenvolvimento das atividades:

a) A informação geral é facultada pelo IPDJ, I. P., e abrange os conteúdos sobre os direitos e as obrigações em que ficarão constituídos os voluntários;

b) A informação especifica é assegurada pelas entidades promotoras dos projetos e abrange todos os conhecimentos e competências necessárias ao desenvolvimento integral das atividades.

São parceiros do IPDJ para a execução do programa «Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas» a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, a Agência Portuguesa do Ambiente, o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas e as Comissões distritais e municipais de Proteção Civil.

Para mais informação consulte esta página

Para candidaturas aceda aqui