Dia-a-dia Resíduos

Setúbal Composto Tem + Valor

Os resíduos orgânicos ou biorresíduos fazem parte do nosso dia-a-dia – resultam da preparação dos alimentos para fazer uma refeição e dos restos de comida que descartamos -, e traduzem-se em cerca de 40% do nosso caixote do lixo.

Atualmente, descartamos estes resíduos juntamente com os resíduos indiferenciados, mas esta situação terminará. A partir de 31 de dezembro de 2023 a recolha seletiva ou a separação e reciclagem na origem de biorresíduos passará a ser obrigatória em todo o território nacional. No âmbito de uma candidatura POSEUR, é agora implementada a primeira fase de recolha de resíduos biodegradáveis no território de Setúbal, que marca o arranque da recolha seletiva destes resíduos no Município.

O novo circuito de recolha seletiva abrangerá, numa primeira fase, 9.600 fogos do setor residencial e não residencial, da União de freguesias de Azeitão e União de freguesias de Setúbal, Sado, Gâmbia-Pontes-Alto da Guerra. Será, numa segunda fase, alargado aos Bairros Afonso Costa, Monte Belo (norte e sul), Nova Azeda e Vale de Cobro.

A implementação deste novo sistema será precedida por uma ação de sensibilização – denominada “Setúbal com.posto tem + valor” -, que irá introduzir e apelar a uma correta separação, informar sobre procedimentos de deposição, bem como sobre as mais-valias deste novo sistema.

Os resíduos orgânicos recolhidos porta-a-porta serão transformados em composto, contribuindo para atingir as metas preconizadas para o país no PERSU 2020+.

Sistema de Recolha PaP (Porta-a-Porta) de resíduos orgânicos.

ZONAS ABRANGIDAS

Já estamos na segunda fase, veja se a sua zona já está abrangida:

  • Vale de Choupo;
  • Choilo – Casas de Azeitão e Galeotas;
  • Brejos Clérigo;
  • Brejoeira;
  • Brejos de Azeitão;

Na primeira fase, as zonas abrangidas do setor residencial e não residencial são:

  • Pinhal de Negreiros, Casal de Bolinhos;
  • Brejos de Azeitão;
  • Quinta das Várzeas;
  • Vila Nogueira;
  • Quinta dos Foios;
  • Aldeia de Irmãos;
  • Oleiros;
  • Urbanização Vinha da Sardinha.

Numa próxima fase, já na cidade de Setúbal, a recolha de biorresíduos será feita num modelo de proximidade, ou seja, apesar da separação ser feita em casa pelos aderentes, estes colocarão os resíduos orgânicos em contentores coletivos, semienterrados, distribuídos na via pública. Nesta fase serão abrangidos os Bairros Afonso Costa, Monte Belo (norte e sul), Nova Azeda e Vale de Cobro.

MAPA – ZONAS ABRANGIDAS E CIRCUITOS

VANTAGENS DE ADESÃO

Pessoais:

  • Menos idas ao contentor;
  • Maior comodidade e proximidade.

Coletivas:

  • Redução do espaço ocupado em aterros;
  • Aproveitamento de recursos, para a produção de adubo e energia;
  • Redução das emissões de gases com efeito de estufa, contribuindo para o combate às alterações climáticas.

COMO POSSO ADERIR?

  • Através do 217 997 717 ou vá a setubalcomposto-form.pt e preencha o formulário;
  • Através dos contactos diretos, porta-a-porta, estabelecidos por técnicos especializados.

Antes de fazer a inscrição, confirme se a sua área de residência está abrangida.

JÁ ADERI, E AGORA?

Se os nossos técnicos já se deslocaram à sua casa ou se já preencheu o formulário de pré-adesão será brevemente contactado, via telefónica, para agendar a entrega dos contentores, de forma a assegurar todas as regras de segurança exigidas neste cenário de pandemia.

Irá receber dois contentores, um de 10L e outro de 40L. O de 10L será para ficar na cozinha, para ir colocando os restos de alimentos resultantes da preparação e confeção. Já o contentor de 40L deverá ficar no exterior da habitação, num quintal ou varanda. Assim, deverá de despejar os resíduos do contentor de 10L para dentro do contentor de 40L e, nos dias e hora de recolha, deve de colocar o contentor maior na via pública, com a alça virada para cima, de forma a que fique trancado.

REGRAS DE SEPARAÇÃO

RECOLHA DE VERDES

O que são?

Os resíduos verdes são todos os resíduos resultantes da limpeza e manutenção de jardins, ou seja, aparas, ramos finos, relva e ervas.

O que muda?

Atualmente, na zona de Azeitão, os resíduos verdes são recolhidos pela União de Freguesias de Azeitão, a pedido dos munícipes, mas com este novo sistema de recolha seletiva de resíduos orgânicos, a Câmara Municipal de Setúbal recolherá, a custo zero, os verdes e os restantes orgânicos.

Como posso fazê-lo?

Basta colocar os resíduos verdes em sacos até 100L (pode usar mais do que um saco com esta capacidade) e colocá-lo junto aos contentores dos resíduos orgânicos, na via pública, nos dias e horas de recolha.

ATENÇÃO

  • Não misture os resíduos verdes com os resíduos alimentares;
  • Não coloque nos sacos dos verdes, vasos, terras, folhas de palmeiras, troncos ou ramos grossos (diâmetro superior a 5 cm). Se residir em Azeitão, nas áreas abrangidas pela recolha seletiva de resíduos biodegradáveis e verdes, e tiver troncos e ramos grossos deve pedir à Junta de Freguesia de Azeitão para efetuar a recolha ou, alternativamente, entregar diretamente no Centro de Receção de Resíduos do Choilo, da Câmara Municipal de Setúbal, a custo zero.

MAIS INFORMAÇÕES